Empresas: creche para adultos.

Hoje, segunda-feira, comemoramos o dia das crianças. Nesta data compramos presentes para nossos filhos, sobrinhos, filhos de amigos, para representar nosso carinho pelos nossos pequenos. E é claro que a passagem da data me trouxe algumas reflexões.

A primeira é o resgate da nossa própria história, quem éramos e como nos comportavámos como criança? Do que gostávamos de fazer, comer, brincar e assistir? Aí, bate aquela saudade do “cheiro” da infância, na real, da leveza da fase. Aqui a questão é: aquela criança se orgulha do adulto que você se tornou?

A segunda questão é: que muitos talentos aparentes na sua infância não existem mais, por quê? Alguém os tolheu? Você deixou de acreditar ou apenas praticar? Nossos talentos com esforço viram pontos fortes,logo é interessante pensar em quais você deixou para trás e se não vale à pena resgatá-los.

E o terceiro ponto é: o quanto dessa criança ainda vive dentro de você, no sentido positivo e negativo. Como assim? Bem, vou explicar. No sentido positivo é o quanto de espontaneidade você ainda carrega em sua fase adulta. No seu atual trabalho, usas da criatividade infantil e da capacidade de se adaptar facilmente? Situações positivas que você permite que seu potencial se expressem de maneira autêntica e verdadeira. Agora, o que vejo por aí em muitas empresas, é a criança mimada e insegura de muitos vindo à tona. Não ajudando o “coleguinha” em projetos. Não dividindo os “brinquedos”, ciúmes do reconhecimento alheio e até mesmo, birras quando confrontados, alguém se identifica?

Percebo que as empresas são grandes creches com crianças feridas, mascaradas em figuras de colegas ou líderes hostis. E como mudar isso? Promovendo autoconhecimento, permitindo reconhecer as faces da sua criança interior para permitir que o amadurecimento emocional aconteça e como consequência, os comportamentos mudem. Pense nisso!

Voltar

A coragem de ser imperfeito.

29 / 01 / 2019

Na vida não temos certeza de absolutamente nada, vivemos em um mar de incertezas. Mas quem disse que viver incertezas precisa ser algo negativo?

Saiba mais

A falácia da Comunicação Corporativa.

02 / 10 / 2020

Quanto mais atendo empresas – que são feitas de pessoas – mais eu me convenço sobre o quanto não sabemos nos comunicar.
Existem falácias vinculadas à comunicação, a primeira é que ela é considerada uma soft skill, e se fosse “soft”, não causaria tantos estragos, pois seria simples aprender e implementá-la de forma efetiva

Saiba mais