Felicidade no trabalho – é possível?

Vivemos na era dos excessos: tecnologia, informação, eventos e com toda essa agitação como ficamos ou melhor como lidamos com alguns sentimentos e emoções? Às vezes a resposta é: não sei, não dá tempo de pensar.

Com a felicidade não é diferente. Quer ver como não damos atenção q essa sensação, quantas vezes por semana você pensa sobre sua felicidade? E com relação ao seu trabalho, você se considera feliz fazendo o que faz? Já pensou nisso?!

Bem, primeiro vamos ao conceito de felicidade. Segundo Dra. Christine Carter, Universidade da Califórnia, para sentirmos a felicidade é preciso ter acesso a uma gama de emoções positivas como esperança, gratidão, otimismo, confiança, inspiração e admiração.

Para o mundo organizacional é fundamental promover eventos que sustentam o conhecimento sobre a felicidade já que sabemos que pessoas felizes são mais engajadas, ficam doentes com menor frequência, faltam menos e são mais colaborativas. E porque muitas empresas ainda não fazem nada para isso se tornar frequente?
Muitas não sabem nem por onde começar. Outras acreditam que as ações precisam atingir a todos, ledo engano. A felicidade não é algo que controlamos ou forçamos nos outros e também, não há fórmula mágica. Por isso há algumas ações que podem ajudar a promover um ambiente onde as pessoas possam viver experiências felizes.

Por exemplo:
– Dar liberdade e autonomia para as pessoas permitindo que elas tomem decisões, isso aumenta confiança interna, fazendo com que se tornem mais participativas na empresa;
– Elogiar as pessoas sempre que possível, óbvio que elogios sinceros;
– Justiça e transparência nos processos – em todos;
– Relações positivas e harmoniosas e claro, os líderes neste caso sempre serão os exemplos por isso essa atitude deve iniciar por eles.

Embora não seja possível garantir que ao se fazer isso todos sentirão mais felizes, é claro que se inicia o processo de criar algumas condições para que se possibilite emoções positivas.

E fato que ninguém faz pelo outro aquilo que ele não deseja. Logo, estar feliz é também uma opção.
Você escolhe o que vai fazer com o que acontece com você.

Um feliz dia!

Voltar

Acredite: você não sabe o que é Coaching!

05 / 11 / 2018

O processo de Coaching invadiu fortemente não apenas o mundo das organizações, mas a vida das pessoas de uma maneira geral.

Saiba mais

Investir em você: responsabilidade sua ou da empresa?

12 / 11 / 2018

Para a reflexão de hoje,  segue a perfeita citação de Benjamin Franklin já dizia: “Investir em si mesmo rende sempre os melhores juros.”

Saiba mais